Silvia Rizzo

_T1Q0235Sílvia Rizzo nasceu em Lisboa a 30 de Novembro de 1967.

Sílvia Teresa Lima, adopta o nome artístico de Sílvia Rizzo porque segundo a mesma gosta de rir. Torna-se conhecida pelo seu trabalho como actriz e pelo seu apurado sentido de humor.

Casou-se com o empresário António Parente, do qual se veio a divorciar e tem dois filhos, a Marta e o António.

É a irmã mais nova de quatro irmãos e a única rapariga.

Na família sempre foi chamada de “teresinha”.

Teve uma boa infância com o pai, mas durante a adolescência perderam o contacto, tendo-se estabelecendo uma relação com algum afastamento, no entanto afirma que herdou o seu humor.

A actriz estava em cena quando o pai faleceu, tendo tido o apoio dos colegas quando recebeu a notícia.

Sempre foi irreverente, na escola era a “palhacinha” da turma e ia muitas vezes para rua. Com cerca de seis ou sete anos quando se chateava saía de casa e ficava à porta à espera que alguém a fosse buscar.

A sua mãe era actriz mas não pôde seguir a carreira porque na altura não foi possivel, mas queria muito que a sua filha Sílvia fosse actriz.

No entanto, Sílvia não achou que fosse por essa via, pois estava muito ligada à música e o que queria na altura era ir para a polícia.

Apesar de não tencionar entrar no mundo da representação, fez uma aposta em como iria a uma audição com Filipe La Féria, e provou que era capaz.

Foi a partir daí que iniciou carreira como actriz e nunca mais parou. Estreia-se nas novelas com Roseira Brava e Primeiro Amor, faz algumas séries e torna-se uma actriz consagrada de telenovelas, tendo brilhado em novelas como Fala-me de Amor, Jardins Proibidos, Sonhos Traídos, Saber Amar, Remédio Santo, Deixa que te Leve e muitas outras.

Em 2012, foi concorrente no programa de domingo à noite da TVI “A Tua Cara não me É Estranha 2″, semiconcretizando um dos seus sonhos: cantar .

Actualmente juntou-se a Marta Aragão Pinto e a Iva Domingues na condução do programa Suite nº7 na TVI Ficção.